Fone: 48 3467-1600 | Fax: 48 3467-1616


Notícias


25/05/2017

Produto reciclável: indispensável e sustentável

Com o advento de diversas tecnologias que têm surgido nos últimos anos, a cada dia mais existem recursos para a prática da sustentabilidade.

Com isso, produtos recicláveis como o plástico, o alumínio, o vidro, entre outros podem tornar-se sustentáveis. Esses materiais recicláveis passam por variados processos químicos e são incorporados ao nosso dia a dia.

O PLÁSTICO

Existem três tipos de reciclagem para o plástico, Reciclagem Mecânica, Reciclagem Química e Reciclagem Energética.

A Reciclagem Mecânica consiste em transformar os plásticos em pequenos grânulos, que podem ser utilizados para a produção de novos materiais, como sacos de lixo, pisos, mangueiras, peças de automóveis entre outros.

A Reciclagem Química é o retorno do plástico à sua composição primária por meio de uma mudança química. Assim, o plástico é dissolvido pelo acréscimo de substâncias solventes ou pela aplicação do calor.

Já a Reciclagem Energética transforma o plástico em energia térmica e elétrica, ou seja, ela aproveita o poder calorífico armazenado no plástico por meio de incineração.

O plástico depois de transformado por esses processos transforma-se em novos produtos, como, por exemplo, madeira ecológica, resultado do reaproveitamento de sobras de madeira e do resíduo de plástico proveniente da coleta seletiva urbana.

Esse tipo de madeira possui diversas benefícios em relação à madeira orgânica, como, por exemplo, melhor custo-benefício.

Além de madeira ecológica o plástico reciclado pode transformar-se em embalagens, utensílios domésticos, tubos de conexão, peças de calçados, sacos plásticos, peças automotivas, componentes de eletrodomésticos, revestimentos, dormentes de trilhos para linha férrea, tecidos e muitos outros.

O ALUMÍNIO

A reciclagem de alumínio no Brasil, atualmente, mostra-se um negócio promissor. Estima-se que o país recicla 95% da sucata de alumínio que é produzida.

O alumínio, após ser coletado, passa por diversos processos antes de se transformar em um novo produto. Primeiramente, o material coletado passa por uma limpeza para retirar todas as impurezas.

Em seguida o alumínio é picotado e fundido a uma temperatura de 700ºC. A fundição gera o alumínio líquido, que é transformado em lingotes ou chapas de alumínio.

Esses materiais são vendidos para as indústrias que fabricam produtos e embalagens de alumínio, retornando o material ao princípio da cadeia de produção. O alumínio reciclado torna-se novos produtos, como, por exemplo, latas de alumínio utilizadas em refrigerantes e outras bebidas.

O VIDRO

O vidro, assim como o alumínio, é um material que após ser coletado, passa por diversos processos antes de se transformar na matéria prima original, para posteriormente se transformar em um novo produto que será novamente incorporado ao nosso dia-a-dia.

Primeiramente o produto coletado passa por um processo de limpeza, para retirar a sujeira impregnada. Em seguida o produto passa por um “prensamento” e enfardamento.

Nesse processo o vidro é triturado e transforma-se em cacos de vidro homogêneos. O passo seguinte é a fusão, em que os cacos são aquecidos e fundidos a uma temperatura superior a 1300 °C.

Por último, o vidro passa por um recozimento e acabamento. Enfim, ele pode ser moldado e utilizado na composição de novas embalagens que serão novamente comercializadas.

A sustentabilidade é uma das maneiras de reaproveitarmos materiais que são indispensáveis à nossa vida cotidiana, como, por exemplo, o plástico. Por meio de processos de reciclagem, materiais que são essenciais ao nosso dia a dia podem ser reaproveitados e transformam-se em novos produtos. 

Cristalcopo

 

Produto reciclável: indispensável e sustentável

 

 

CristalcopoVoltar